O  D Í Z I M O

 Um ponto muito mal compreendido é a contribuição do dízimo. 

E o que é o Dízimo?

O Dízimo está associado a 10% dos seus ganhos. 

E por que 10%?

Existe uma dinâmica energética por trás disso: Tudo o que vem a se manifestar no mundo físico passa por 9 etapas, sendo a décima, a manifestação em si.

Essa é a estrutura da Árvore da Vida com suas 10 Esferas 
(A Cabala). 

Os 10% do Dízimo correspondem à porção da 10ª Esfera, a única que pode ser corrompida pela sombra. 
Quando você pratica o Dízimo, você está, de fato, se descartando desta porção, potencialmente, negativa.

Não importa para quem você doa, contanto que seja para algo luminoso. Ser capaz de doar com o coração leve, este percentual, é o que conta.

O Dízimo faz parte da primeira lei da prosperidade que é: Deixar fluir a energia.
Onde há fluidez, há renovação e toda doação tem por objetivo gerar Luz.

Podemos praticar o Dízimo como e com quem quisermos, não importa se for para uma instituição ou alguém que precise no momento.

Se todos os dirigentes espirituais soubessem transmitir essa dádiva corretamente, o Dízimo seria doado com muito mais amor e a energia do planeta seria muito mais próspera e benéfica.

Não importa o que as instituições ou as pessoas que recebem o Dízimo farão com o dinheiro, o importante é a energia na hora da doação. Essa energia é que movimenta a força da prosperidade.

Dízimo é a lei da prosperidade, independente de religião, crença ou bondade.

Praticando o Dízimo nossa vida será repleta de Sucesso e Luz, estaremos implantando em nossa mente o desejo de doar para receber, ou seja, abrir espaço para entrar o novo, no caso a prosperidade.